Fitoterapia - 10 tratamentos naturais que você pode cultivar no seu quintal

1. ALHO
Poderoso antibiótico, o alho é eficaz em tratamentos que combatem de amigdalite a resfriados. Recomenda-se tomar bastante água de alho (feita a partir do processo de maceração) para o tratamento eficaz da amigdalite. Além disso, o tempero é conhecido por suas  propriedades imunoestimulantes, que fortalecem nosso corpo para combater vírus e bactérias.


2. PICÃO-PRETO
Sabe aquela planta “pentelha” que gruda na sua calça toda vez que você anda no meio do mato? Pois bem, ela é ótima para o tratamento de dermatites e pode ser encontrada em qualquer pedaço de terra (dá um Google para você identificar a plata!). Pode-se fazer uso interno e externo e também é recomendado para doenças inflamatórias, como artrite e reumatismo.


3. GENGIBRE
Ótimo analgésico, o gengibre é antioxidante e anti-inflamatório. E pode ser usado no tratamento de rinites! Basta ralar e, espremido, colocar na narina. E mais: junto com caldo de gergelim, seu sumo pode ser um ótimo tratamento para otites dolorosas. Fazer compressa de gengibre em torções, na hora que acontecer o acidente, também ajuda a aliviar a dor.


4. LIMA-DA-PÉRSIA
Sabe aquela conjuntivite ou simples coceira no olho? A lima-da-pérsia resolve isso em um instante. Basta pingar o líquido diretamente no olho e pronto! Se ingerido, ajuda a desintoxicar o fígado e eliminar as toxinas do sangue.


5. TANSAGEM
Com efeito bactericida, a planta é recomendada para o tratamento de doenças respiratórias, como bronquite e asma. Para uso externo, ajuda na cicatrização de cortes e ferimentos. Também é conhecida como regulador de hormônios femininos, podendo ser usada para aliviar os sintomas da tensão pré-menstrual e da menopausa.


6. BABOSA
Essa a minha avó usava em TUDO! Mas as reais indicações da babosa são mesmo para aliviar a coceira das picadas de inseto, ferimentos, cortes e queimaduras. A planta é muito utilizada externamente por sua poderosa e rápida ação. Entretanto, ela também pode ser ingerida para ter um efeito imunomodulador, desintoxicante e para problemas gastrointestinais.


7. CALÊNDULA
Com propriedade principalmente cicatrizante, a calêndula é bastante usada e conhecida em farmácias de manipulação e da medicina antroposófica. Fortemente indicada para ferimentos, cortes, queimaduras e assaduras de bebê. Também ajuda na dermatite e na cólica menstrual.


8. SABUGUEIRO
Conhecido antipirético, o chá de sabugueiro é recomendado para ajudar na recuperação da febre e no mal-estar que causa. É importante ter paciência com a febre e deixar o corpo agir. Pode também ser uma alternativa à lima-da-pérsia no tratamento da conjuntivite.


9. ALCAÇUZ
Famoso por combater tosse de forma eficiente, também é utilizado no tratamento de afecções do sistema respiratório, como laringites, amigdalites, asma e bronquite. Também pode ser utilizado, em forma de chá, em caso de resfriados.


10. CAPUCHINHA
Antibiótico potente, assim como o alho, a capuchinha também é antisséptica, expectorante, digestiva e diurética. É utilizada no tratamento de infecções urinária, alergias na pele, acne e problemas digestivos.